Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010

POETA

 

Idiota o poeta , é incapaz

de transformar o mundo , ele é doente,

o mundo e o poeta certamente,

o poeta e o mundo, tanto faz.

 

pobre poeta cuja palavra é gás

soprado numa flor como semente,

evapora-se o verso secamente

coitado do poeta que ali jaz.

 

triste poeta és,  sonho e  quimera

das nuvens e do roxo dos lilazes

és como seiva viva em primavera

 

que se recria em flores nas tuas frases,

porém pobre  poeta, considera,

que ninguém lê as trovas que tu fazes !!!

  

publicado por Peter às 22:14

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 15 de Agosto de 2010

FLOR

 

Permaneces no tempo, terra e ventre

aberta como flor para que se tome,

morava nos teus olhos, era entre

eles e os meus que se matava a fome.

 

em sementeiras de sentidos puros

no ritual prazer dos nossos bens,

frutos  guardando  brilho  de  maduros

amolecidos pelos vais e vens

 

do bem que  tenho hoje, está perdido

o perfume jasmim da tua mão,

tenho plantada a flor e obtido

 

assim a terra, o colo, a ilusão,

a vida é um percurso sem sentido

dela resta memória e solidão.

 

publicado por Peter às 22:31

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

AGOSTO

Volta o luar desta lua de Agosto

trazendo novo tempo do passado,

parece que flui , que põe no rosto

um amanhã  do que é imaginado.

 

reflete no mar que tem por rosto

o cintilar de pérolas, dourado

é seu dançar um fogo d'àgua posto

um beijo que é eterno e adiado.

 

é na praia que choro, absorvido,

cada raio, sonho que se perdeu

como se fosse a noite um confundido

 

e frágil dia que não amanheceu,

oceano do sonho apetecido,

luar que na manhã desapareceu.

 

publicado por Peter às 21:42

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Agosto de 2010

MANHÃ

 

 É na manhã que vem a maré-cheia

é quando alastra a  vida nos mangais

e caranguejos correm  pela areia

e vem o barco que nunca chega ao cais.

 

é quando nasce o sol e serpenteia

um  tronco, uma canoa  aonde vais

e a terra se levanta e incendeia

que te aceno um adeus para nunca mais.

 

vai-se enfim a maré , vem maresia

deixa passos impressos , são sinais

dum novo alvorecer , renasce o dia

 

a porta da memória  é por onde sais,

dessa mesma manhã que se  perdia

na dúvida das coisas mais banais.

 

publicado por Peter às 15:12

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. GOTEBORG

. COPENHAGEN

. ESTRADAS DESERTAS

. REVOLUÇÃO

. SEDUÇÃO

. PRIMAVERA

. DIA DA POESIA

. ECLIPSE

. NOSTALGIA

. BINA

. EU

. RASURA

. CORREM POR MIM

. CONCERTO

. SONETO

. AMOR

. SE....

. BARCA

. LOVE STORY

. MERCÊ

. UM SONETO

. A UM BLOG

. NATAL

. ELA

. SLUSSEN

. OLHOS

. DJURGARDSBRUNNVIKEN

. SICKASJON

. CADIJA

. GOTAS

. FAROL

. RETRATO

. PERGUNTA

. MEMÓRIA

. TARDE

. VELEIROS

. DJURGARDEN

. VIA

. REGRESSAR

. TARDE

. INFINITO

. AFASTAMENTO

. BARCA

. VELA

. IMAGEM

. NADAS

. BANCO

. E VÓS...

. NOTURNO

. AMOR

.arquivos

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. ♥ Lay all your love on me...

.LIVROS ABERTOS

FERNÃO DE MAGALHÃES, AFONSO HENRIQUES, HENRIQUE O NAVEGADOR , GENOMA, AO ENCONTRO DE ESPINOZA, A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER,AS VINHAS DA IRA, GOMORRA,A ORIGEM DAS ESPÉCIES, PERCHÉ NON SONO CRISTIANO, O QUE DIZ MOLERO, AS ORIGENS DA VIDA , O NAVEGADOR DA PASSAGEM, LA RELATIVITÀ A FUMETTI, O ERRO DE DESCARTES,D.DINIS, A ALMA È A MENTE, ECONOMIA CANAGLIA, LA CRISI...E POI? A CRIAÇÃO DO MUNDO,A EVOLUÇÃO PARA TODOS, O JACKPOT CÓSMICO, MARAVILHOSAS AVES, O ESPECTÁCULO DA VIDA,ANA KARENINA,

.as minhas fotos

.AUTORES

TORGA, EÇA, ABELAIRA, PESSOA, EUGÉNIO DE ANDRADE, DRUMOND DE ANDRADE,RUI BELO, CAMÕES,AQUILINO,FERREIRA DE CASTO, TOLSTOI, KUNDERA,VICTOR HUGO, PABLO NERUDA,CERVANTES, CARL SAGAN, RÉGIO, RUSSEL, RENAN, HERCULANO,HEMINGWAY, STEINBEK, SARAMAGO, LAGERLOFF,PASTERNaK, VERISSIMO,
blogs SAPO

.subscrever feeds