Segunda-feira, 14 de Março de 2016

GOTEBORG

DSC_1240.JPG

Neve de Goteborg  que me tens

reduzido ao que sou frio calado

a janela da rua os armazéns

um olhar comedido camuflado

 

ficou mais noiva a noiva da cidade

no manto que entretanto  se refez

árvores que  a noite faz claridade

barcos que se recortam no convés

 

leva-me a floresta os pensamentos

que os percorro só silenciado

neve que cai por mim por uns momentos

 

a maior parte cai por todo o lado

eu próprio vou calcando  movimentos

umas vezes andando outras parado.

publicado por Peter às 21:57

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Novembro de 2015

COPENHAGEN

 

DSC_1041[1]

A cidade são pedras e calçada
velhas e largas a mostrar canais
transeunte perdido entre os demais
vasculhei cores janelas e arcadas

 

da nudez da sereia mais que usada
cravei uma tuborg a marginais
e visitei Cristiana onde entre os quais
te vi em liberdade pincelada

 

não tenho rei não vi nem tenho margem
tão enganado como estou sou vida
por ela recusei-me sou viagem

 

pedaços de chegada e de partida
entre ladrões exerço vadiagem
esse é meu ermo e minha despedida.

 

 

publicado por Peter às 15:26

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Julho de 2015

SEDUÇÃO

RSCN4110.JPG

Ondas que vem e vão tantas eu tenho
rolando em seixos sobre impaciência
despejando na praia turbulência
dentro da tempestade onde me amanho
 
ondas que do mar vem tão indistintas
em corpos desnudados divididos
pulsam vulcões nas margens sem  sentidos
lavas arrefecidas e famintas
 
um dia esperarei numa cidade
de picos rubros e rochedos crus
pelos bens  próprios do tempo na verdade
 
na ânsia onde o desejo nos conduz
sentado de calções azuis saudade
na tua sombra algures que me seduz.

publicado por Peter às 08:19

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Março de 2015

DIA DA POESIA

RSCN3958[1].JPG

O muro que me separa de mim
alto e silencioso ao comprimento
multiplica-se e fecha-se  sem fim
volta sempre á origem do meu senso

 

tem portas que não abrem nem as penso
odorosos perfumes de jasmim
são o que são e soltas no meu lenço
fechadas e seladas  são assim

 

e sei que sendo eu pequeno e breve
como mínima parte do cordão
tomo e deixo as soleiras ledo e leve

 

como efémera bola de sabão
na pequena existência que se deve
a poeiras e pó de combustão.

publicado por Peter às 00:21

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 21 de Março de 2015

ECLIPSE

 

ocaso6.jpg

Abri a porta ao dia entrou o vento

o eclipse foi-se não o li

chegou nevoa tapou o firmamento

e sem luar do tempo me esqueci

 

eram dez da manhã consentimento

dum olhar sobre as órbitas perdi

do exato lugar o seu momento

á hora que contou abstraí

 

foi para não ver o sol que me embriaga

berçário do meu sonho tutelar

não sou da luz um filho mas a praga

 

que qualquer astro rei espalha no ar

particula do fim que aquece e esmaga

o momento fugaz deste lugar.

 

publicado por Peter às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

AMOR

Não consigo esquecer os olhos escuros 

e o riso labial desconcertado

esse estado febril apaixonado

inconstância dos tempos inseguros

 

não consigo esquecer e perturbado

pelos frutos que de apanha são maduros

me turbo em pensamentos obscuros

num paraíso despropositado

 

lembrando os teus abraços de mudança

as malas ensaiadas sedução

que inquinada na duvida descansa

 

na púbis palpitando em minha mão

e os beijos resgatados temperança

nos espasmos repetidos da paixão.

publicado por Peter às 18:58

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 9 de Setembro de 2014

SE....

 

 

Se fossemos amantes quanto amada

seria  a tez que tens , cumplicidade,

quanto acrescentaria a coisa  dada

aos motes do prazer e da vontade

 

se fossemos amantes libertada

a tua rosea face e branco seio

seria infindo aquilo que era nada

nesta surda paixão que em mim refreio

 

se fossemos raiz dessa aventura

tida por nós , mantida ,ah  pois sim creio

seria eterna  a chama e a loucura

 

se fossemos amantes e enleio

de corpos  nus  na alma  ,na figura,

não restos dum encontro de permeio.

 

publicado por Peter às 13:24

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2013

LOVE STORY

 

De regresso ás ondas,de retorno ao mar
a barcos parados de mareação
sentado na praia estendo o divagar
pelas serenas águas e sonhos que são

O sol vespertino que gira incendeia
a linha quebrada dos montes ao rubro
e eu, o que faço , agarro a sereia
que trago comigo e dela me cubro.

saltita nas pedras no branco da espuma
são gotas de pérola no seu cintilar
num raio de sol batendo na bruma

na gávea dum barco que vai a passar
e a noite cerrada, de parte nenhuma
sorrindo se espalha pelo meu olhar.

publicado por Peter às 21:02

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 3 de Fevereiro de 2013

MERCÊ

 

Me haveis doado um universo mãe

desconhecido  infinito  cutelo

uns orifícios  um olhar refém

e poiso azul fingido e amarelo

 

me haveis feito pulmão precipitado

de escamas águas turvas e sapais

presente evoluído dum passado

sem livro de instruções  e me deixais

 

por isso sou um nada como o nada

matéria que materia pensamento

filho de deuses ulterior passada

 

para me perceber como um jumento

a alma a consciência vão e espada

onde ao vazio levo o meu tormento

publicado por Peter às 23:02

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2013

A UM BLOG

 

Tenho-te mui esquecido na memória

dos factos recentes desinteresse

tanto ás vezes me falta outras parece

que se apagou o verbo e oratória

 

porque me foge a rima ás vezes penso

ter-se esgotado a pobre inspiração

quando o corpo ma pede a mente não

e dela assim me livro e me dispenso

 

e porque só a mim e a mais ninguém

faz falta este vazio de interior

não quero prolongar o estertor

 

em que tal velho escrito se mantem

adeus amigos meus adeus leitor  

andando indo vou por aí além.

 

publicado por Peter às 19:58

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. GOTEBORG

. COPENHAGEN

. SEDUÇÃO

. DIA DA POESIA

. ECLIPSE

. AMOR

. SE....

. LOVE STORY

. MERCÊ

. A UM BLOG

. NATAL

. ELA

. SLUSSEN

. DJURGARDSBRUNNVIKEN

. CADIJA

. RETRATO

. MEMÓRIA

. TARDE

. VELEIROS

. DJURGARDEN

. VIA

. REGRESSAR

. AFASTAMENTO

. BARCA

. VELA

. NADAS

. E VÓS...

. NOTURNO

. AMOR

. DANÇA

. NOVO ANO

. NATAL ?

. INÊS

. SER

. FÓSSIL

. INÊS

. MORENA

. PÔR DO SOL

. CINZA

. O MEU PAÍS

. ALVA

. CERVINO

. BERÇO

.arquivos

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Julho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Março 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. ♥ Lay all your love on me...

.LIVROS ABERTOS

FERNÃO DE MAGALHÃES, AFONSO HENRIQUES, HENRIQUE O NAVEGADOR , GENOMA, AO ENCONTRO DE ESPINOZA, A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER,AS VINHAS DA IRA, GOMORRA,A ORIGEM DAS ESPÉCIES, PERCHÉ NON SONO CRISTIANO, O QUE DIZ MOLERO, AS ORIGENS DA VIDA , O NAVEGADOR DA PASSAGEM, LA RELATIVITÀ A FUMETTI, O ERRO DE DESCARTES,D.DINIS, A ALMA È A MENTE, ECONOMIA CANAGLIA, LA CRISI...E POI? A CRIAÇÃO DO MUNDO,A EVOLUÇÃO PARA TODOS, O JACKPOT CÓSMICO, MARAVILHOSAS AVES, O ESPECTÁCULO DA VIDA,ANA KARENINA,

.as minhas fotos

.AUTORES

TORGA, EÇA, ABELAIRA, PESSOA, EUGÉNIO DE ANDRADE, DRUMOND DE ANDRADE,RUI BELO, CAMÕES,AQUILINO,FERREIRA DE CASTO, TOLSTOI, KUNDERA,VICTOR HUGO, PABLO NERUDA,CERVANTES, CARL SAGAN, RÉGIO, RUSSEL, RENAN, HERCULANO,HEMINGWAY, STEINBEK, SARAMAGO, LAGERLOFF,PASTERNaK, VERISSIMO,
blogs SAPO

.subscrever feeds