Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



CINZA

por Peter, em 05.11.10

 

Perdi  dias e noites nos teus braços,

cingi teu corpo fino de ampulheta,

amei com amor feito de embaraços

beijei por ti  inteiro, o planeta.

 

cortei depois o tempo em sonhos  idos

que de  tua razão têm marca em vida,

alguns que me cinzelam em gemidos

outros que não tem fome mas guarida.

 

com o sossego intimo, gravados

de sorte que nem sei se são ou não

um acervo comum de condenados

 

ou um maduro fruto de estação,

o ser é feito de ossos e passados

ressequidos na berma da ilusão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:03


ROSTO

por Peter, em 26.05.10

 

Ah! como se muda a face e amarga

é a hora que passa e nos destrói,

como se estreita a estrada sendo larga

como é veloz o tempo que se foi !

 

como é engodo a terra  que nos cabe

em repartido ser  que nos constrói,

confins do impossível ,uma nave

onde o sol queima o frio nos corrói.

 

ah, como de cetim  teu rosto era

como na pedra uma polida imagem

da Grécia antiga, agora uma severa

 

sibilina figura de coragem,

um pedaço do tempo que não espera

um subtil horário, o da viagem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:45


AMOR

por Peter, em 22.01.10

Onde fizemos tanto amor, esqueço,

foram mil os locais, não escolhidos,

porém dos corpos não, desses padeço

presentes  que não foram devolvidos.

 

vinhas do mar , do mar salgado, bruma,

seios que amaciava nos meus dedos,

beijos que a tua boca, talvez espuma

nos acordava íntimos segredos.

 

sorvíamos calor , passo após passo

tuas coxas ferventes minha cama,

eram próprias de mim , eram pedaço

 

duma  rodilha em cântaro de lama,

éramos todo o mundo e um regaço

de vida , apenas vida  e uma chama.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58


NEFERTITI

por Peter, em 19.11.09

 

Sentado na coxia, o auditório

discursa, gesticula, nada escuto,

busquei-te Nefertite , provisório,

um cigarro na boca e devoluto.

 

percorro-te, rainha do Egipto

seguro-me ao teu ceptro de serpente

tua face dourada é o meu mito

vivo em ti ,morta, a vida do presente.

 

só eu te ouço em segredo quando choras

nos papiros do Nilo , estou sentado,

a palestra mexeu-se  pelas dez horas

 

e tenho meu o teu olhar  dourado,

no sarcófago em pó onde tu moras

num tempo já de si eternizado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:48


SÍTIO

por Peter, em 15.10.09

O que estou a fazer sobre uma esfera

não euclidiana, ignoro

sinto por mim a força duma espera

e a esperar respiro e me decoro.

 

não sei por onde corro e me devoro

interrogando o quê e o porquê,

um circulo sem pi , parece, moro

no pouco que é, daquilo que se vê.

 

num sítio em expansão  ou estagnado

onde porém correm rios p´ró mar,

liquido fosso, profundo, marginado

 

noutro sítio provável que é lugar

e que é por onde me arrasto acompanhado

por quem me quer ou não acompanhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:24


YEMANJÁ

por Peter, em 20.09.09

Se o mar não existisse, cá e lá

se fosse um estuário o mesmo rio,

se fosse a mesma deusa, yemanjá,

se fosse a mesma neve, o mesmo frio…

 

se nascer e morrer não fosse herança

e naus e navegantes se trocassem,

se os homens construíssem cada esperança

sobre cada crescessem e amassem…

 

se então , rindo e gritando liberdade

do si , senhores por todo esse universo,

se a vida fosse assim  e a idade

 

nos apanhasse á esquina dum só  verso,

podíamos ser outros, nós, verdade,

não apenas um sonho  no deserto.

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:07


SAUDADE

por Peter, em 14.09.09

 

Tenho saudades do Lago Pian Palu

e das pontes que o cercam, de madeira,

mesmo antes de deixar , errante, nu,

sons de torrentes novas, noite inteira.

 

tenho saudades do Lago Pian Palu

e dos troncos redondos, na brancura

de bétulas em fila  aonde tu

me surgiste em gnose de loucura.

 

sólido glaciar, sereno, cru,

águas azuis em gélida alvorada,

rompia o sol, abria o meu baú

 

ao subir a montanha sombreada,

tenho saudades do Lago Pian Palu

quando  a neve vier, determinada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:06


LÊDA

por Peter, em 03.07.09

 

Além, para lá do mar, o pensamento.

ela era isso . é . só um instante.

dado  fugaz mas luz. um diamante,

a palavra perfeita e o momento.

 

passagem casual. o mundo é sorte,

é sorte de quem vai e de quem fica

teimoso e perspicaz , ás vezes norte

elementar para quem identifica .

 

reparo em cada frase , em instantâneos,

recordações e dores ou alegria,

são pedaços de si, são espontâneos

 

cantos , como eu escrevo. poesia

e embora não sejamos simultâneos,

leva-me  ás vezes á pediatria.

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46


BEIJO

por Peter, em 29.06.09

 

 

  

Foi nesta tábua, talvez de metro e dez,

um verdadeiro  banco do Buçaco,

que te abracei um dia , alguma vez,

subtraindo o peito ao teu casaco.

 

o beijo que então demos fez tremer

o horizonte em toda a dimensão,

o primeiro do corpo, o aprender

os afectos que havia em confusão.

 

assustados, receio de ninguém,

que a razão , sem razão, faziam ver

no banco tosco, humilde, nos contem

 

o desejo de tanto amanhecer,

quando esse começar , era também,

nossa coisa mais bela de viver.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:45


ONDA

por Peter, em 24.06.09

 

Oh ondas deste mar qual o navio

que me leva, se fosse viajar,

era num barco á vela pelo estio

em órbita de areia, a bolinar.

 

tão longe é o areal, que vou remando

pelos limites que são os pinheirais,

mais seco, só deserto, ás vezes quando

se fragilizam sonhos irreais.

 

desfraldo o pano , de norte vem chegando

vento que sopra leve e temperado,

aperto-me no tórax ,soltando

 

da memória simbólico passado

e uma gaivota grita e olho e ando

no mar sereno , apenas naufragado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:58


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


LIVROS ABERTOS

FERNÃO DE MAGALHÃES, AFONSO HENRIQUES, HENRIQUE O NAVEGADOR , GENOMA, AO ENCONTRO DE ESPINOZA, A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER,AS VINHAS DA IRA, GOMORRA,A ORIGEM DAS ESPÉCIES, PERCHÉ NON SONO CRISTIANO, O QUE DIZ MOLERO, AS ORIGENS DA VIDA , O NAVEGADOR DA PASSAGEM, LA RELATIVITÀ A FUMETTI, O ERRO DE DESCARTES,D.DINIS, A ALMA È A MENTE, ECONOMIA CANAGLIA, LA CRISI...E POI? A CRIAÇÃO DO MUNDO,A EVOLUÇÃO PARA TODOS, O JACKPOT CÓSMICO, MARAVILHOSAS AVES, O ESPECTÁCULO DA VIDA,ANA KARENINA,

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

AUTORES

TORGA, EÇA, ABELAIRA, PESSOA, EUGÉNIO DE ANDRADE, DRUMOND DE ANDRADE,RUI BELO, CAMÕES,AQUILINO,FERREIRA DE CASTO, TOLSTOI, KUNDERA,VICTOR HUGO, PABLO NERUDA,CERVANTES, CARL SAGAN, RÉGIO, RUSSEL, RENAN, HERCULANO,HEMINGWAY, STEINBEK, SARAMAGO, LAGERLOFF,PASTERNaK, VERISSIMO,