Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




AMOR

por Peter, em 15.09.14

Não consigo esquecer os olhos escuros 

e o riso labial desconcertado

esse estado febril apaixonado

inconstância dos tempos inseguros

 

não consigo esquecer e perturbado

pelos frutos que de apanha são maduros

me turbo em pensamentos obscuros

num paraíso despropositado

 

lembrando os teus abraços de mudança

as malas ensaiadas sedução

que inquinada na duvida descansa

 

na púbis palpitando em minha mão

e os beijos resgatados temperança

nos espasmos repetidos da paixão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58


3 comentários

De Maria João Brito de Sousa a 09.10.2014 às 13:33

Felizmente o seu blog está na plataforma do Sapo! De momento não tenho forma de comentar os blogs de outras plataformas...

Como sabe, gosto muitíssimo dos seus sonetos, mas cada vez tenho menos tempo para visitar os companheiros de poesia... há quase oito anos, quando comecei no Poetaporkedeusker, estava já bastante diminuída - fisicamente diminuída - para os meus, então, cinquenta e poucos anos, mas conseguia fazer muito mais do que faço agora... em todos os campos.

Recordo-me da sua Cicciolina. Sei que tem um novo companheiro felino de cujo nome me não consigo recordar... lembra-se do meu "rancho" de cães e gatos? Já partiram todos, menos um; o Sigmund Freud vai a caminho dos vinte e um anos e mantém-se bem vivo no seu posto, ainda que muito menos activo e brincalhão e, muito recentemente, vi-me confrontada com um quadro de abandono no parque de estacionamento frente ao prédio que habito. Uma jovem felina que gritava o seu abandono às quatro da madrugada... não tive a coragem de fingir que a não ouvia e... tenho mais uma companheirinha; a Mistral.

Baccio!

De Peter a 25.10.2014 às 11:40

O tempo passa depressa,voa , cada vez mais nada do que somos nos resta para ficar.Oito anos? O que são oito anos na fogueira do cosmos? E para nós , tanta coisa , tanta dor, sofrimento, alegria!! Tudo efémero como como uma resta de vento ! Tudo pelo melhor, tudo bom, tudo por uma por uns momentos de calma e de bem estar. Beijinhos.

De Maria João Brito de Sousa a 25.10.2014 às 12:17

Oito anos não nada de nada, na fogueira do cosmos, Peter... mas, como muito bem diz," tanta coisa, tanta dor, tanta alegria" para nós!
Gosto de sentir essa efemeridade - que sei existir! - como mais um elozinho desta enorme e ininterrupta construção que é a vida!

Beijinhos!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados


LIVROS ABERTOS

FERNÃO DE MAGALHÃES, AFONSO HENRIQUES, HENRIQUE O NAVEGADOR , GENOMA, AO ENCONTRO DE ESPINOZA, A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER,AS VINHAS DA IRA, GOMORRA,A ORIGEM DAS ESPÉCIES, PERCHÉ NON SONO CRISTIANO, O QUE DIZ MOLERO, AS ORIGENS DA VIDA , O NAVEGADOR DA PASSAGEM, LA RELATIVITÀ A FUMETTI, O ERRO DE DESCARTES,D.DINIS, A ALMA È A MENTE, ECONOMIA CANAGLIA, LA CRISI...E POI? A CRIAÇÃO DO MUNDO,A EVOLUÇÃO PARA TODOS, O JACKPOT CÓSMICO, MARAVILHOSAS AVES, O ESPECTÁCULO DA VIDA,ANA KARENINA,

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

AUTORES

TORGA, EÇA, ABELAIRA, PESSOA, EUGÉNIO DE ANDRADE, DRUMOND DE ANDRADE,RUI BELO, CAMÕES,AQUILINO,FERREIRA DE CASTO, TOLSTOI, KUNDERA,VICTOR HUGO, PABLO NERUDA,CERVANTES, CARL SAGAN, RÉGIO, RUSSEL, RENAN, HERCULANO,HEMINGWAY, STEINBEK, SARAMAGO, LAGERLOFF,PASTERNaK, VERISSIMO,